7 Curiosidades sobre o Mar Morto

Quando eu era criança, ouvia falar “Mar Morto” e ficava intrigada. Ainda bem que tenho pais e tive professores que sempre me ensinaram que para todas as coisas há um motivo e não era à toa aquele nome. Vamos lá?

7 Curiosidades sobre o Mar Morto

  1. O Mar Morto não está morto! Este nome foi dado injustamente porque ninguém havia visto, em séculos, um peixinho ou plantinha em suas águas. Mas, a realidade é que existe um mundo de micro-organismos capazes de viver nas mais extremas condições.
  2. Não é exatamente mar: é um lago. E um mar. E os dois. Localizado entre os limites de Israel, Jordânia e Palestina, recebe águas do mar Mediterrâneo e do rio Jordão, mas não desemboca em nenhum outro lugar. Sua única forma de saída é o processo de evaporação no qual produz alta concentração de minerais que beneficiam a saúde.

7 Curiosidades Mar Morto

  1. Estando 417 metros abaixo do nível do mar, é o lugar mais profundo da superfície continental da Terra. É o lago mais profundo do mundo.
  2. Você pode flutuar nas águas do Mar Morto! Sua alta concentração de salina em 340gr por litro de água é 10 vezes mais alta que o mar Mediterrâneo, o que torna-o mais denso que o corpo humano e não permite que você afunde.
  3. Apresenta recursos naturais ideais para tratamentos de certas doenças (Cardiovasculares, dermatológicas, pulmonares e reumatológicas).
  4. O Mar Morto está encolhendo. Entretanto, já estão trabalhando para que continue vivo e não desapareça.
  5. Na bíblia era conhecido como o mar do Oriente. Para gregos e romanos era conhecido como o mar de barro, onde Cleópatra e o Rei Heródes o utilizavam como benefício para a saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *