CABO HAITIANO: UM OUTRO HAITI PARA CONHECER

Cabo Haitiano: um outro Haiti para conhecer

CABO HAITIANO: UMA DAS CIDADES MAIS IMPORTANTES DO HAITI

Cabo Haitiano: um outro Haiti para conhecer

Cabo Haitiano é a segunda cidade mais importante do Haiti. Foi reconhecida como um lugar de grande potencial turístico criando condições de infraestrutura e segurança para receber milhares de visitantes de estrangeiros.

O centro da cidade abrange a maior concentração de edifícios históricos de arquitetura colonial francesa, onde a maioria de suas construções estão bem conservadas.

Na praça central da cidade é imprescindível fazer uma visita à Arquidiocese de Cabo Haitiano.

Cabo Haitiano: um outro Haiti para conhecer

O centro econômico do Haiti está localizado no Cabo Haitiano e oferece inúmeras atrações turísticas para todo tipo de público. Desde um passeio pelo centro histórico até o Parque Nacional Histórico, sem deixar de apreciar a inesquecível Baía de Labadee.

Parque Histórico Nacional: Patrimônio da Humanidade

Cabo Haitiano: um outro Haiti para conhecer

Patrimônio da Humanidade

O Parque Histórico Nacional está localizado em Milot, norte do Haiti. Compreende um conjunto de três monumentos haitianos que datam desde princípios do século XIX. Citadelle Laferrière, Sans Souci e Ramiers foram construções que representavam um dos símbolos nacionais de liberdade, sendo os primeiros construídos pelos negros escravizados que haviam reconquistado liberdade.

Palácio de Sans Souci

Cabo Haitiano: um outro Haiti para conhecer

O Palácio de Sans Souci foi construído em plena época de Guerra Civil depois da Revolução Haitiana. Atualmente suas ruínas são conservadas.

Sua construção começou em 1810, e terminou e foi inaugurado em 1813.

O palácio foi a residência real de Henri Christophe, com toda sua corte: quatro princesas, oito duques, 37 barões e 22 condes. Todos donos de feudos no norte do país, que por sua vez estavam repleto de escravizados africanos. Um grande terremoto em 1942 destruiu parte considerável do palácio e devastou a cidade de Cabo Haitiano.

Citadelle Laferrière

Cabo Haitiano: um outro Haiti para conhecer

Conhecida também como Cidadela, a Citadelle Lafèrriere é a maior fortaleza do hemisfério ocidental e de toda a América Latina. Atualmente é um dos destinos mais populares para os turistas que visitam a ilha.

A grandiosa estrutura de pedra foi construída por 20 mil trabalhadores entre 1805 e 1820. Ordenada pelo rei Henri Christophe como parte de um sistema de fortificações desenhado para manter a nova nação independente do Haiti, visava a segurança diante um possível novo ataque por parte da França.

O terremoto que atingiu a região em 1942 destruiu as construções, mas a Cidadela foi restaurada.

Edifícios de Ramiers

Nos edifícios de Ramiers defesa da Ciudadela era complementada. Constituíam um anexo formado por uma residência e quatro outros pequenos fortes.

Não perca a oportunidade de conhecer o Parque Histórico Nacional! Uma grandiosa obra, repleta de história que ressalta a beleza, bom gosto e qualidade de um desenho autêntico, declarado Patrimônio da Humanidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *